Entorno: 84% dos municípios destinam resíduos sólidos de forma inadequada

Situação foi classificada como crítica pelo Ministério Público de Goiás.

Por em 03/12/2015 às 10:03

Um diagnóstico da situação dos resíduos sólidos nas cidades do Entorno do DF, apontou que 64% dos municípios não possuem Plano Municipal Integrado de Gestão de Resíduos Sólidos. O relatório apontou ainda, que 84% destinam os resíduos de forma inadequada nos lixões.

Em 64%, a gestão dos resíduos sólidos é do município e em 36%, terceirizada. Em relação aos catadores de materiais recicláveis, ficou constatada a existência de centenas deles fazendo a catação direta. Todos os municípios possuem catadores, atualmente em situação de vulnerabilidade social.

Foto: reprodução

Foto: reprodução

A situação no Entorno foi classificada como crítica pelo Ministério Público de Goiás. Para reverter a situação, o MPGO divulgou algumas ações após reunião em Luziânia. Entre as medidas está: instaurar procedimentos administrativos para exigir a criação dos Planos Municipais de Resíduos Sólidos, cobrar a criação de pontos de coleta, verificar se há auditorias realizadas e outras.

O diagnóstico foram realizados nos municípios de Alexânia, Águas Lindas, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Cristalina, Luziânia, Formosa, Novo Gama, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso. Apenas Cidade Ocidental possui aterro licenciado pela Secima.

Com informações do MPGO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *